Planejamento de Conteúdo Digital: Alguns passos que podem ajudar

Atualizado: 27 de jul.

Em tempos de muita concorrência e de disseminação da informação, é indispensável para as marcas estreitarem o relacionamento com seus consumidores para se manterem no topo das preferências, e uma das formas mais eficazes nos dias atuais é a criação de conteúdo digital. É necessário ter uma estratégia bem definida e planejar suas ações, conhecer os canais pelos quais o conteúdo será transmitido e os gostos do público são pontos relevantes para conseguir um bom engajamento e ter sucesso.



Em nosso artigo, vamos abordar alguns tópicos que não podem faltar para um bom planejamento de conteúdo digital, que ajuda a engajar o público desejado, trazer valor para a marca e, claro, na conversão.


O primeiro ponto a se considerar é objetivo do conteúdo. O que eu quero atingir com esse assunto? Por que ele é relevante para o meu público? Quais reações eu quero provocar? Ao responder essas perguntas, pense em cronograma de postagens que contemple subtemas ligados ao conteúdo e formas de adaptá-lo para os canais que deseja utilizar.


O segundo ponto importante é a persona ou o público. Com quem eu desejo me comunicar? Quais características essas pessoas devem ter para pertencer a esse grupo ou grupos? Quais os hábitos de consumo de mídia e de conteúdo elas possuem? É importante dialogar com elas para conhecer mais e poder oferecer conteúdos que de fato façam brilhar os olhos e, principalmente, trazem aquele quentinho no coração delas.


Imagine você tentar passar algo aprofundado para quem não conhece o básico sobre determinado assunto? Certamente a informação será perdida e haverá frustração. O mesmo acontece com o conteúdo que produzimos. Para evitar isso, é importante conhecer a jornada de compra do consumidor e usar o funil de vendas. Saber o que ele conhece sobre as soluções que você oferece e as temáticas que delas podem derivar, ajuda na produção de conteúdo adequado. Assim, quando o público sabe bem pouco sobre algo, o conteúdo deve apresentar o assunto; enquanto aqueles que já conhecem bem o tema, podem receber conteúdo com ofertas de vendas mesmo.


Em todas as etapas do funil de vendas, podemos incentivar nosso público a determinadas ações, o que chamamos CTA (call to action). Usar estímulos como conheça mais, clique para informações, compartilhe esse conteúdo ou compre aqui são alguns exemplos de CTAs que podem ajudar seu público a agir.


Por fim, depois de saber o objetivo, o público, o conteúdo, o tipo de ação que deseja é hora de publicar o conteúdo. O canal utilizado é muito importante e pode variar de acordo com os itens acima descritos. Isso pode ser feito em redes sociais, como Facebook, Instagram, LinkedIn, em um blog, no próprio site da empresa ou em plataformas de vídeo, como YouTube e Vimeo. O importante é escolher o que melhor atenda e ter canais que realmente possa manter atualizados.


Agora que já entendeu mais sobre planejamento de conteúdo digital, é hora de colocar em prática. Mãos à obra!


Quer se aprofundar mais?

Gui Mazzo te ajuda. Conheça o curso de Mídias Digitais: do pixel ao público? mutuacursos.com.br/cursoslivres






A Mútua está sempre buscando novidades

pra trazer mais conteúdo pra você voar.

#aprendaapliqueevoe

#conhecimentonaoseguarda


@mutuacursos

Facebook

Instagram

Linkedin

Spotify

Bora evoluir juntos? ;)

Navegue no nosso blog e inscreva-se na nossa newsletter.

Conheça nossos Cursos Livres >>>



153 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo